09/07/2017

XIV DOMINGO DO TEMPO COMUM | ANO A

A verdadeira grandeza é a humildade do amor.

XIV DOMINGO DO TEMPO COMUM | ANO A

14° Domingo do Tempo Comum

9 de julho

 
1ª leitura: Zc 9,9-10
2ª leitura: Rm 8,9.11-13
Evangelho: Mt 11,25-30
 
Jesus louva o Pai pela experiência que está fazendo na sua missão de pregador do Evangelho: os “pequenos” e simples estão acolhendo o anúncio do Reino, ao passo que para os “sábios” esse anúncio fica escondido. Os pequenos não são os ingênuos ou os ignorantes, mas sim os humildes e mansos, aqueles que se abrem para o anúncio, que confiam mais em Jesus que nas suas seguranças. Os “sábios” não são as pessoas inteligentes que buscam sinceramente a verdade e o sentido da vida, mas sim os que estão seguros de si e da sua doutrina a ponto de não se abrirem às palavras de Jesus. Jesus nos convida a ir além das aparências, e entender que a verdadeira sabedoria da vida é reconhecer-se humilde para acolher seu ensinamento, é considerar-se pequeno, porque só Deus é grande.
 
A verdadeira grandeza é a humildade do amor. Por que Deus se manifesta mais aos simples, aos puros de coração, do que aos sábios deste mundo? Porque Deus é Amor e só se pode compreender Deus pelo caminho a fé e do amor. A fe é humildade diante de Deus; é desconfiar de nós mesmos e do nosso juízo sobre as coisas. O homem sábio nas ciências humanas deve aceitar humildemente o fato de que Deus supera toda inteligência humana, reconhecer que está sujeito à vontade dele. Deve colocar Deus no centro de sua vida e não a si próprio. Então ele também será um “pequeno” no Reino do Pai.
 
Quem aceita aprender de Jesus essas virtudes, experimentará o seu jugo suave. Manso e humilde é também o retrato do rei ideal que o profeta Zacarias descreve na primeira leitura e que a tradição reconhece como a promessa do Messias futuro.
 
O cristão, o discípulo que decide seguir o Mestre, já passou sacramentalmente através do jugo da cruz quando recebeu o batismo; vive agora sob o “jugo suave” da ressurreição e é chamado a acolher, a reconhecer e experimentar como verdadeiro para si, na vida de cada dia, esse dom que Cristo adquiriu para todos. É o que Paulo está nos ensinando na 2ª leitura, que fala da vida nova no Espírito, que recebemos como graça a partir do nosso batismo e que somos chamados a seguir. No dizer de Paulo, o jugo que cansa e oprime é a “carne”, ou seja, o impulso de viver segundo o instinto do orgulho e do egoísmo, ao passo que o jugo suave é a vida no Espírito, que recebemos gratuitamente e que cabe a nós fazer frutificar nas escolhas concretas da vida.
 
Os pobres, os pequenos, os humildes são as pessoas que agradam a Deus. A Igreja, que se define a Igreja dos pobres, deve estar sempre do lado deles. E já que a Igreja somos todos nós, batizados, é verdade que vivemos este amor e este serviço aos pobres, aos simples, aos mansos, aos que para a sociedade não têm valor?
 
É preciso que cheguem até Ele as multidões de cansados e oprimidos da nossa sociedade, para poderem caminhar para a realização do projeto de Deus, que quer vida, dignidade, e salvação para todos. Cada um de nós pode tornar-se um construtor do Reino de Deus, procurando viver como Jesus, manso e humilde de coração, para levar paz, amor e vida por toda parte.
 
Jesus sabe que a vida nesta terra é também um jugo e não nos ilude com falsas promessas, como se pudesse libertar-nos por milagre de todo “jugo”. Mas nos propõe que deixemos nossos jugos para assumir o dele, que é suave. Ora, o jugo que ele carregou foi o da cruz, como pode chamá-lo de “suave”? É que o peso não depende do jugo, mas de quem o leva, do porquê o leva e do como o leva. Devemos levá-lo seguindo a Jesus manso e humilde.
Pe. José Raimundo Vidigal, C.Ss.R.

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Nome: E-mail:
Cód. de Segurança:

* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.

Liturgia Diária

Bíblia On-Line

Avisos da Semana

Santo do Dia

Dizimistas


Calendário de Eventos

Calendário
« SETEMBRO 2017 »
S T Q Q S S D
28 29 30 31 1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 1