02/02/2018

DOMINGO V DO TEMPO COMUM | ANO B

Louvai o Senhor Deus, porque ele é bom, cantai ao nosso Deus, porque é suave: ele é digno de louvor, ele o merece.!

DOMINGO V DO TEMPO COMUM | ANO B
4 de fevereiro – 5º Domingo do Tempo Comum


 
1ª Leitura: Jó 7,1-4.6-7
2ª Leitura: 1Cor 9,16-19.22-23
Evangelho: Mc 1,29-39
 
São muito sensatas as palavras de Jó e nos é fácil concordar com ele quando diz que é uma luta a vida do ser humano nesta terra; vida passageira e cheia de tribulações. Ele é um homem justo provado pelo sofrimento, e por isso não compreende a razão de sofrer tanto. Sua vida é um sopro, as noites são longas, não consegue dormir e se sente sem nenhuma esperança.
 
Os anos passam velozes e de repente a gente chega à terceira idade. Mas isso não nos deve contristar, mas nos fazer refletir e ser mais prudentes. E nós, ao contrário de Jó, temos uma esperança: a da vida eterna com Jesus, depois da morte. É verdade que nossa vida é apenas um sopro, se a consideramos sem referência a Jesus Cristo. Mas Ele nos infundiu o Espírito Santo, sopro de vida imortal, graças ao qual ressuscitaremos. Portanto, faz parte da nossa fé o que Jó ainda não sabia: temos a certeza da ressurreição e da vida eterna.
 
Para São Paulo a razão absoluta de toda a sua vida é o anúncio da Boa-Nova de Jesus Salvador. Sente-se criado justamente para isto e o faz com grande zelo. Gratuitamente recebeu de Deus o dom, e gratuitamente o comunica aos outros. Consagra sua existência à pregação e se torna disponível para todos. Está feliz com sua vida, porque a dedicou à pregação do Evangelho e assim se sente próximo de todas as pessoas que encontra.
 
A comunidade cristã estaria encarregada de sustentá-lo, mas ele renuncia ao que poderia receber, e trabalha para se manter e assim não ser pesado para ninguém. Seu propósito é estar ao serviço de todos, fazer-se “tudo para todos”. Neste Ano do Laicato, vamos pedir que o espírito missionário de Paulo refloresça na vida de todo cristão.
 
O evangelista Marcos parece descrever um dia típico de Jesus. Ele vai à sinagoga para rezar junto com as pessoas e para ouvir a leitura da Palavra de Deus. Vai para a casa de amigos, juntamente com os outros, e cura a sogra de Pedro, que logo procura servi-los para que possam permanecer em diálogo com Ele. À noite, recebe os muitos enfermos trazidos até ele para serem curados. No início da manhã, quando ainda está escuro, Ele se levanta, vai para um lugar deserto para fazer sua oração por um longo tempo. E ouve falar de outros que estão à sua procura. Responde: “Vamos para outros lugares, para que eu possa pregar lá também.” É um dia intenso, cheio de relacionamentos vividos no amor, amor a Deus Pai, amor às pessoas, aos muitos doentes, pobres, carentes da verdade e de cura física e interior.
 
É interessante ver como Jesus escolhe os lugares e os tempos de oração: a sinagoga, de dia, unido a outros fiéis; à noite ou de madrugada em um lugar solitário e deserto, para a experiência de intimidade com o Pai, a fim de redescobrir nela o significado de sua missão de salvação. Vemos depois sua acolhida, sua compaixão, sua ternura para com todos os doentes que lhe trazem e como Ele emprega por eles todo o seu poder como o Filho de Deus, que cura o corpo e o espírito. Não só acolhe e cura, mas sabemos que Ele carregou sobre si nossas enfermidades e assumiu nossas fraquezas. Verdadeiramente se torna um com os doentes e pecadores.
 
O tempo dado a Deus e a atenção amorosa às pessoas, acalma o nosso espírito e torna mais frutíferas nossas ações e atividades. Meu próprio trabalho, minha vida familiar é vivida com essa intensidade de amor?

                     
                                                                                                 

                                                                                                            Autor: Padre José Raimundo Vidigal, C.Ss.R.


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Nome: E-mail:
Cód. de Segurança:

* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.

Liturgia Diária

Bíblia On-Line

Avisos da Semana

Santo do Dia

Dizimistas


Calendário de Eventos

Calendário
« OUTUBRO 2018 »
S T Q Q S S D
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31 1 2 3 4