09/06/2018

10º DOMINGO DO TEMPO COMUM

Também nós ressuscitaremos um dia, assim como Cristo ressuscitou. Como aconteceu com Ele, o Pai nos chamará de volta à vida e à glória.

10º DOMINGO DO TEMPO COMUM
1ª Leitura: Gn 3,9-15
2ª Leitura: 2Cor 4,13-18;5,1
Evangelho: Mc 3,20-35
 
A serpente enganou o primeiro casal humano, prometendo que, se comessem do fruto proibido, seriam como deuses. Em vez disso, quando pecaram, descobriram que nada tinham, nem a roupa do corpo. O pecado despoja o ser humano, humilha-o e coloca-o numa situação de vergonha. Por orgulho, por não querer aceitar sua condição de simples criatura, Adão pecou. Mas quando perdeu a amizade com Deus, foi socorrido com bondade, não ficou abandonado ao poder da morte. A serpente será vencida pela mulher e pela sua descendência quando aparecer a Virgem cheia de graça e seu Filho Jesus, que na Páscoa vai triunfar de todo mal.
 
Também nós ressuscitaremos um dia, assim como Cristo ressuscitou. Como aconteceu com Ele, o Pai nos chamará de volta à vida e à glória. Esta é a nossa fé, a certeza inabalável sobre a qual se funda a nossa existência. Não perdemos a coragem, não nos deixamos vencer pelas contrariedades da vida. As coisas deste mundo são passageiras. “A tenda em que moramos neste mundo” será desfeita, mas nos esperam coisas invisíveis e duradouras. A moradia eterna no céu será nossa recompensa.
 
A pessoa de Jesus suscita indagações e opiniões contraditórias: quem é Ele? e de onde vem o seu poder de fazer milagres? Seus inimigos já tomaram posição: é pelo poder de Satanás que Ele expulsa os demônios. Jesus mostra o absurdo dessa suposição. E diz que Ele é o “mais forte” que vem expulsar o forte, cujo império está para terminar.
 
Até aqueles mais próximos de Jesus, seus parentes, não estão preparados para compreender suas atitudes, não percebem o mistério que existe na pessoa dele: acham que Ele está fora de si, possuído por um espírito que o torna alienado, quando ao contrário é Ele, Jesus, que expulsa Satanás, que liberta dos espíritos imundos, mostrando assim que estão acontecendo os sinais dos tempos messiânicos e da chegada do Reino. Quem não sabe interpretar os gestos de Jesus, não reconhece o tempo da salvação e se subtrai à possibilidade de ser remido e de receber o perdão, que vem somente do Espírito Santo que Jesus concede.
 
O cristão é alguém que reconhece Jesus como a fonte da salvação e da misericórdia. É isso que importa e que estabelece os laços que valem. Estar com Jesus, ter com Ele o simples vínculo do parentesco não basta: a ligação que vale é a de quem adere a Ele com o coração, de quem cumpre a Palavra dele e obedece à vontade de Deus e, portanto, O acolhe como Filho de Deus Salvador.

 

 

 

 

 

 

Autor: Padre José Raimundo Vidigal, C.Ss.R.

 


SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Nome: E-mail:
Cód. de Segurança:

* Publicação sujeita a moderação;
** Evite a utilização de termos grosseiros e xingamentos através de palavras de baixo calão;
*** Comentários com conteúdo ofensivo e propagandas serão devidamente ignorados.

Liturgia Diária

Bíblia On-Line

Avisos da Semana

Santo do Dia

Dizimistas


Calendário de Eventos

Calendário
« OUTUBRO 2018 »
S T Q Q S S D
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31 1 2 3 4