Beato Gaspar Stanggassinger


"Os santos têm intuições especiais - escreveu Pe. Stanggassinger - O que é importante para mim, que não sou santo, são as simples verdades eternas: a encarnação, a redenção e a Santíssima Eucaristia".
Gaspar Stanggassinger, nascido em 1871 em Berchtersgaden, sul da Alemanha, era o segundo de 16 irmãos. Seu pai, homem respeitado por todos, era fazendeiro e explorava uma pedreira.

Desde a adolescência sentiu um crescente desejo de ser sacerdote. Em seus primeiros anos Gaspar brincava de padre "pregando" breves sermões a seus irmãos e irmãs, os quais ele costumava levar em procissão a uma capela entre as montanhas perto da sua casa. Mesmo contra a vontade do pai entrou no seminário de Munique em 1890 e foi ordenado sacerdote em 1895. Foi ser redentorista para trabalhar como missionário, no entanto foi colocado como formador de seminário e assumiu com responsabilidade sua missão. Os jovens viam nele mais um amigo que um superior.

Gaspar era um homem muito espiritualizado e amante da Eucaristia. Convicção que levava osjovens formandos a práticas bonitas diante do Santíssimo Sacramento.

Em 1899 os Redentoristas abriram um novo seminário em Gars. Pe Stanggassinger foi transferido para lá como diretor. Tinha 28 anos de idade. Apenas teve tempo de pregar um retiro para os estudantes e de participar da abertura do ano letivo.

Morreu novo, com apenas 28 anos de idade, em 1899, em Gars, após pregar um retiro para os estudantes. A causa da beatificação começou em 1935, com a trasladação do corpo para a capela lateral da igreja de Gars. No dia 24 de abril de 1988 foi proclamado bem-aventurado pelo Papa João Paulo II.


Liturgia Diária

Bíblia On-Line

Avisos da Semana

Santo do Dia

Dizimistas


Calendário de Eventos

Calendário
« JULHO 2017 »
S T Q Q S S D
26 27 28 29 30 1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31 1 2 3 4 5 6